quarta-feira, 29 de abril de 2009

.


PALAVRAS AO LIXO.


"O diabo pode citar as Escrituras quando isso lhe convém." (William Shakespeare)

Li essa frase hoje. E “hoje” concordo com ela mais do que plenamente. Infelizmente é assim a vida, recheada de palavras por comodismo ou conveniência. Vazias. Faladas ao vento.

Quantas promessas você ouviu que não foram cumpridas. Porque na verdade nunca tiveram a intenção de serem realmente realizadas. Ou então, por conveniência foram esquecidas?

Quantos afagos com palavras carinhosas em uma noite anterior perderam completamente o sentido na manhã que se fez logo após?

Estou decepcionada. A idade me faz ponderar. Reaver conceitos. Buscar bases mais firmes. E quanto mais eu penso, mais decepcionada fico. Na imensidão de vazio que se faz o ser humano pelos tempos de hoje. Por seu tempo corrido. Por suas vidas enlouquecidas. Para nada há tempo de se aprofundar. Para o verdadeiro.

E então, sempre estamos passando por recomeço. Porque o que você acreditou em um momento, no segundo seguinte deixa de ser. Você recolhe assim, com dignidade o que lhe resta pós sua magoa por ter sido enganada e recomeça. Um ciclo que já está farta de fazer.

Não, eu não me chamo Aline Mercedez. Mas hoje, quero me dar o luxo de ser mexicana. Chorar. Gritar. E, principalmente, suplicar a Deus, que daqui por diante seja diferente.

Todos têm direito a mudança de idéia. A serem reservados. Mas aonde foi parar a confiança? A intensidade? A CONSIDERAÇÃO.

A ausência da sinceridade me machuca. O vulnerável me enoja. O fútil me destrói. No momento, portanto, quero mesmo o silêncio. Nada mais merece meus ouvidos.

E se a carapuça serviu, sim, é sobre você que falo. E é para você que escrevo.

16 comentários:

Ari Meireles disse...

Hj estou de pleno acordo com seu ponto de vista.

brena disse...

li, naum quero ler!
ê!

louco o texto Li! eu li!
euheueheuehueheueh

jumeninaartedesign disse...

Será que é tão dificil ser sincero ? O quanto vale faltar com a verdade pra conseguir algumas coisas se mais cedo ou mais tarde ela vem a tona?
Saudades dos seus textos, só faltou os nomes mexicanos haha

beiJUcas

Luiz disse...

A hipocrisia do ser humano, regada por insegurança, vaidade, orgulho...

Enfim!

Concordo com tudo, assino embaixo. Tenha certeza, e isso torna-se público, não são palavras ao vento.

Teve um cara em Assis, Itália, de nome Francisco, alguns séculos atrás que disse: "Houve um dia que acreditei em palavras..."

Melhor parar de escrever!

Beijooos

jana disse...

Dukaraleo! fazia tempo q n vinha por aki! concordo tbm. O dono dessa inspiração deve estar chorando agora rs... :P ou se matando rs

Leandro Henrique disse...

Espontaneidade, fraqueza e subjetividade filosófica!
Senso crítico corre em suas veias minha cara, ouso afirmar!
Darwin afirmava em sua teoria que não existe evolução por meio de mutações ou adaptações genéticas, mas sim a sobrevivência do mais forte! Vence aquele que melhor se adaptar ao meio.
Comodismo, conveniência, promessas, confiança, CONSIDERAÇÃO.
Nem todos esses atributos expressão força! Apenas uma visão etnocêntrica da vida!
É realmente a ausência da sinceridade dói, mas não mata! Por tanto posso não me encaixar nos padrões dos valores sociais... Mentir, omitir ou esquecer me dou esse direito! Mas como tudo que resiste persiste, no final, eu sobreviverei justa ou injustamente.

Vinisius disse...

Ser sincero custa muito... Tem que ter coragem para dar a cara a tapa, assumir riscos. Hoje em dia ninguém quer mais isso porque a mentira é bem aceita e bem mais fácil de ser assimilada. O caminho da mentira é mais fácil. A maioria leva vantagem na mentira. Mas ela não dura... É duro ser sincero... pior ainda ser mentiroso.

Gi disse...

Acho que sou sincera até demais viu!! E são poucas as pessoas que me retribuem dessa mesma forma.
Muito bom Li!!!
Bjsss
Gi

Ariane disse...

Aonde foi parar os valores dos homens...
Hoje em dia tudo é em vantagem propria. As pessoas se vangloriam de seus bens e de suas conquistas mas a que custo conseguem isso....bom usando exatamente de falsas palavras, promessas em vão e ,principalmente, pisando nas pessoas. A lei do mais forte mesmo com disse aki o Leandro.
É preciso resgatar nossos valores como paciência, confiança, sinceridade, consideração, respeito...mas sei quanto este sentimento de ser passado pra tras por alguem q não teve escrupulos doi e pra enfrentar esta dor a melhor atitude é praticar exatamente estes valores!
Se todos mudarmos nossos pensamentos o mundo pode tornar-se melhor.

Fabby disse...

Como sempre, acho seus textos fantásticos... Esse esta muito bom! Tb me incomoda muito a falta da verdade, ou melhor, muitas dessas coisas citadas no seu texto me incomodam e muito!
Beijossss!

Coisa-negócio disse...

Olha, espia... denso, filosófico...mas não é do meu tamanho....rs...
Bjussssssssssss

B! disse...

adoreiiiiii

João M disse...

Assino embaixo, Li!

Beijão

Fernanda Cressoni disse...

Temos que ser a mudança que queremos no mundo.(Frase de alguém que eu nao lembro) E hoje também me dou o direito a frases de para choques de caminhào.
A gente é do tamanho dos desafios que escolhe vencer. (Essa é minha mesmo...)

Saudades...
BEIJOS

Mariana disse...

Uauuuuuuuuuuuuuu

Serviu mesmo a carapuça...hauhahaha
E muito verdade o q escreveu....Falta muito de tdo o q citou. E isso faz a gente refletir...Mas tb....a gnete acabara sozinhos nessa imensidão????

Lu Paiva disse...

Adorei tudo isso.
Parabéns, Li!

Um BJ
LuPaiva