quarta-feira, 23 de setembro de 2009


(A FALTA DE) ASSUNTOS

Tem dias que são assim, muita coisa sobre o que falar, mas o assunto morre a boca. Os acontecimentos não param e você mal tem fôlego para acompanhar...

Ontem foi o “dia mundial sem carro”. Ninguém aderiu. Ou quase ninguém. Ou BEM poucas pessoas. Afinal, é mais cômodo definir que este tipo de ativismo como inútil do que aderir e fazer da força a união. Se encostam à culpa do governo e assim todos seguimos escorados em desculpas. “O transporte público não comporta.” Ok, culpa do governo. Então, porque você não mora perto do seu trabalho? Você também complica, não é?

Dia 22 de setembro também foi o “dia do Amante”. Ah esse dia todo mundo quer comemorar! Sair a pé nem pensar. Mas o “dia do amante” são outros quinhentos... Bonito isso.

E o Manuel Zelaya? Com o que ele se preocupa mais: os chapéus Panamá dele ou com Honduras? Eu realmente acho essa “questão política” preocupante. Alias um comentário que nem vem ao caso mas... eu sempre tive a impressão que o Zelaya é o irmão perdido do apresentador Ratinho.

O mundo das piadas tem perdido um pouco da graça. Quem deixou o Rubinho ganhar? O segundinho preferido do Brasil, tem nos tirado o assunto nos últimos tempos. E aí, percebemos: “É realmente, o mundo está mudado.” O que vou contar aos meus filhos sendo assim? A F1 nunca mais será a mesma...

Por falar em fórmula 1 e nosso amigo Nelsinho “Bato Mesmo” Piquet? Agora Pat Symonds anda declarando por aí aos quatro cantos, que ele acreditou que fosse algo inocente que não prejudicaria ao time. Assim, como fazer chaminés estreitas não prejudicam ao Papai Noel. Como diria PE. Quevedo “Iscto non ecxiste!”. Mas enfim, cada um acredita no conto de fadas que quer não é?

Algumas novelas terminam, outras começam. E já que estou no assunto “variedades” aproveito o espaço para protestar. Foi só eu, ou mais alguém, sentiu-se com atestado de louca quando a Maya reencontrou o Raj? Aquela roupa vermelha, de onde veio PELO AMOR DE DEUS? Aquelas jóias? Baguanquelie! Há camelôs de roupa nas margens Gandhi? Porém, isso são águas passadas. Agora a moda é mesmo o Zé Mayer. Ah Zé. Ah se eu pudesse, você quisesse e o Brad não soubesse... Alguns dizem que ele é um feio ajeitado. Outros, um ator que deu certo... Mas o charme dele é algo sobrenatural. Simples assim. E se virou moda, é porque a voz do povo é a voz de Deus. Eu quero mais é ser Aline Helena, sim!

Mas há ainda coisas mais importantes para pensar, enquanto o mundo lá fora gira, para os brasileiros o campeonato de futebol pega fogo. Animadíssimas as rodadas, sendo disputadas ponto a ponto. E eu acredito que meu São Paulo vai chegar lá. OH SE VAI ! Neste domingo passado fui acompanhar os jogos em um barzinho, e é impressionante o poder da torcida! A torcida a qualquer outro time que não seja o seu. Se o time perder ou não, não importa, o importante é que os outros times também se ferrem. Essa é a regra.

Bom, vou continuar acompanhando os acontecimentos. No entanto, falei de tantas coisas porque realmente não tinha nada para falar, mas acho que vocês nem perceberam a minha falta de assunto não é? (Ou perceberam?). Enfim, daqui quinze dias eu volto... falando de algo interessante ou não...


9 comentários:

João M disse...

Li, você é ótima escritora até quando falta assunto!
Beijo

Juliana Aidar disse...

Só pra reforçar, o assunto do dia mundial do sem carro foi sugestão minha ta.

Quanto sem assunto, não tenho o que falar, minha vida ta sem assunto no momento.

Muitas risadas com o texto, é isso ai

beiJUcas

Fernando Orpheu disse...

Nada a declarar. To sem assunto...

Ednelson Lucemar disse...

Cronica sobre atualidades... gostei!

Coisa-negócio disse...

É Li, e como cantaria Marina (a meia-voz): "Eu espero, acontecimentos..."
Bjs,
Lee.

Felipe "Dero" Silva disse...

Só faltou falar do "Dia em que o metro parou de funcionar"

Ari Meireles disse...

Até sem assunto não falta os nomes, agora vc quer ser aquela mimada?
Aline Helena....hahahahaha.

Qto as atualidades só vc mesmo pra fazer a gente rir da chatice dos outros.

Viu dessa vez mesmo com sono eu li direitinho. bjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjs!

Ariane disse...

Me surpreendeu, uma cronica com atualidades!!!!

Mas tinha que ter um nome estranho Aline Helena....mas.. nossa esta falando dela mesma!!!!

Vc esta escrevendo um texto como vc mesma....as coisas mudam, normalmente é em terceira pessoa né Li.

Sempre criativa mesmo sem assunto.

Sara disse...

Muito criativa.
Cada dia melhor.
Bjs