quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

MAMÃE, EU TO PEDINDO.

Era véspera de carnaval, o casal de namorados estava na sala do apartamento dele, distraídos vendo TV. Mas algo na respiração pesada de Carmen Lourdes, dizia que havia alguma coisa errada.

- O que foi?

- Não foi nada.

- Como nada?

- Nunca ouviu falar em nada?

- Tratando-se de você nada não existe.

- Virou psicólogo agora?

- Não.

- Filosofo?

- Não.

- Então me deixa, que eu não tenho nada! E não quero divagar sobre o que implica o conteúdo de nada!

- Ta vendo, se ta dizendo que o “nada” tem conteúdo, é porque aí tem!

- Tem o que SENHOR DO CÉU!?

- Tem alguma coisa.

- Não tem coisa alguma. Não tem N - A - D - A.

- Ta muito estranha pra estar com nada.

- Edvaldo Mario, se eu estou falando que não tenho nada, porque simplesmente não engole isso e fica quieto!

- Ta vendo Carmen Lourdes, ta estressada.

- E se eu estiver o que tem?

- Se estiver, não é que está com nada. Está com stress. Quero saber por que.

- Por favor!!!

Um silêncio mórbido se fez por um minuto. Mas Edvaldo Mario, inquieto sabia que não fazê-la explodir sobre o nada poderia ser bem pior. Conseqüências terríveis viriam. Resolveu continuar a se arriscar, mas foi ela quem falou primeiro, assim como quem não quisesse nada.

- Mas me fala, como é mesmo, você e seus amigos vão se vestir de mulher e sair no bloco “Mamãe eu to pedindo!”. Nossa, vai ser legal NE?

- Ahááááa!!! Então o nome do nada é “Mamãe eu to pedindo”! Ta brava por isso! Sabia Lourdinha! Você ta brava porque eu vou pular carnaval no bloco. Mas já te expliquei buzuza, só vai homem, é só pra ficar bêbado, brincar, falar besteira, arrotar junto. Sabe como é. Só coisa de homem mesmo.

- O que eu sei que coisa de homem é “biscatear”, isso sim.

- Com quem buzuza? Já não te disse que só vai ter homem! Só se eu for me apaixonar pelo Carlão que vai com o vestido rosa da irmã dele.

- Que nojo Edvaldo!

- EEE nem duvida da minha masculinidade heim. Mas vem cá... Vai ficar brava? Você também vai pular carnaval, já estava tudo combinado, e eu não to bravo porque você vai pro baile.

- Baile da terceira idade “Unidos da Vila Maria” com minha mãe, minha tia e meu padrinho. Fala sério! Não vou pular carnaval, vou fazer caridade, vou cuidar para que eles não enfartem ao som de “Ah La La Ô ô ô”.

- Olha pra mim Buzuza, já não tava tudo certo, tudo bem e combinado?

- Tava.

- Então meu amor, fica tranqüila. Não vou fazer nada que faça mal a nós. Só vou me divertir um pouco com os camaradas.

Carmen Lourdes fechou mais ainda a cara, e resolveu não falar mais nada.

- Lourdinha... Buzuza... Vamos lá.

- Chega, você não vai? Não ta decidido já? Então, não quero mais falar, esse papo não vai nos levar a nada.

- Ahh agora entendi o nada. - Edvaldo Mario fingiu interesse na TV no mesmo momento, mas não antes de resmungar contrariado só pra si - Mulheres...




3 comentários:

Juliana Aidar disse...

Os nomes e Buzuza foi o máximo!

Sei la o que dizer, só sei que, mesmo com pouca grana, não quero só fazer NADA neste carnaval haha

Bom carnaval pra todos

beiJUcas

Ari Meireles disse...

como sempre terminou a conversa e ELE não entendeu nada.


homens viu?

Ariane disse...

Ciumeira danada pq não combinam de no outro dia ir pular juntos sei la aonde e ta tudo certo! É carnaval pelo amor de Deus hora de se acabar na folia!!!!